Cannabis Medicinal

Pesquisa canadense revela que pacientes de cannabis medicinal reduziram o consumo de álcool

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA

Uma pesquisa publicada recentemente revelou que muitos participantes que utilizam cannabis medicinal afirmaram que notaram uma diminuição no consumo de álcool. 

A pesquisa foi conduzida pela Canadian Institute for Substance Abuse Research and the University of Victoria, School of Public Health and Social Policy.

Outras pesquisas demonstram como a cannabis pode influenciar no uso de substâncias psicoativas, incluindo medicamentos prescritos, álcool, tabaco e drogas ilícitas, mas há muito pouco material examinando os fatores associados a essa mudanças de comportamento.

A pesquisa foi realizada com 2.102 pessoas inscritas no programa canadense de cannabis medicinal. 

O método utilizado foi abaixo descrito:

“Incluímos 973 (44%) entrevistados que relataram o uso de álcool em pelo menos 10 ocasiões ao longo de um período de 12 meses antes de iniciar a cannabis medicinal e, em seguida, usamos dados retrospectivos sobre a frequência e a quantidade de uso de álcool antes e depois do início da cannabis medicinal para determinar quais características dos participantes e outras variáveis ​​foram associadas a reduções e / ou cessação do uso de álcool”.

Os dados coletados informam que, no geral:

  • 44% (419) dos participantes relataram diminuição na frequência de uso de álcool ao longo de 30 dias
  • 34% (323) dos participantes diminuíram o número de bebidas padrão que ingeriram por semana
  • 8% (76) dos participantes relataram nenhum uso de álcool nos 30 dias da pesquisa

Diante destes resultados observou-se que:

“Estar abaixo de 55 anos de idade e relatar taxas mais altas de uso de álcool no pré-período foram ambos associados a maiores chances de reduzir o uso de álcool, e a intenção de usar cannabis medicinal para reduzir o consumo de álcool foi associada a chances significativamente maiores de reduzir e cessar totalmente o uso de álcool”.

Finalmente, o estudo concluiu que:

“Nossos achados sugerem que o início da cannabis medicinal pode estar associado a reduções autorreferidas e à cessação do uso de álcool entre pacientes de cannabis medicinal. Como o álcool é a substância recreativa mais prevalente na América do Norte e seu uso resulta em taxas significativas de criminalidade, morbidade e mortalidade, essas descobertas podem resultar em melhores resultados de saúde para pacientes de cannabis medicinal, bem como melhorias gerais na saúde e segurança públicas.

O uso abusivo de álcool é um problema de Saúde Pública que atinge o Brasil e a maioria dos países. 

Esta pesquisa revela que uso abusivo de bebidas alcoólicas é responsável por 7,2% da carga mundial de doenças para os homens e por 2,2% para as mulheres. 

Da mesma forma, relata que o consumo do álcool causa cerca de 3 milhões de mortes anuais no mundo. 

Entre as pessoas de 15 a 49 anos de idade, o álcool é responsável por 10% de todas as mortes no mundo, constituindo-se no fator de risco mais relevante.

Em texto publicado pelo Ministério da Saúde, constatou-se que aproximadamente 18% da população adulta no Brasil faz uso abusivo de bebida alcoólica. Esse percentual era de 15,6% no ano de 2006. 

As mulheres  representam 11%, enquanto que os homens representam 26%. Em 2006, o percentual entre as mulheres era de 7,7% e entre os homens, 24,8%.

Não resta dúvidas entre as autoridades que trata-se de um dos mais desafiadores problemas de Saúde Pública, pois o alcoolismo atinge todas as classes sociais e econômicas.

Estudos sugerem que o uso medicinal de cannabis pode desempenhar um papel importante na redução de danos e de consumo do álcool, gerando assim implicações para abordagens de tratamento de uso de substâncias baseadas na abstinência . 

Indícios encontrados em pesquisas realizadas até o momento revelaram-se bastante promissores e futuros estudos ainda precisam ser desenvolvidos para elucidar quais mecanismos estão por trás destes fatores.

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA
blank

Autor

ReMederi

A Remederi é uma empresa brasileira de saúde, com a missão de promover qualidade de vida por meio do acesso a produtos, serviços e educação sobre Cannabis medicinal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
remederi, anvisa

A REMEDERI preza pela saúde dos seus pacientes. Ancorados na transparência e lisura, estamos evoluindo para atender todas as regras sanitárias brasileiras da ANVISA e nos adequando à Portaria 344/1998 do MS e da RDC 96/2008, RDC 327/2019 e 660/2022.