Cannabis

Quais são os sintomas de ansiedade (físicos e psicológicos)

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA

Será que os sinais que o seu corpo envia podem ser classificados como sintomas de ansiedade?

Esse é um quadro de saúde que você precisa investigar.

Até porque, no médio e longo prazo, a doença pode levar à incapacitação para o trabalho, entre outras consequências.

O momento pede ainda mais atenção já que, segundo a ONU, o aumento no número de casos em todo o mundo bate os 25%.

Se você se sente ansioso ou tem algum amigo ou parente que sofre desse distúrbio que tem tratamento, não deixe de ler este conteúdo até o final.

Além de apresentar os sintomas de ansiedade, tanto físicos quanto psicológicos, vamos falar sobre causas e formas de tratamento.

O que é ansiedade?

Classificada no CID 10 com o código F41, a ansiedade é um estado de perturbação emocional e psíquico que leva a pessoa a se sentir acuada e oprimida.

Sendo um problema de ordem psicológica, ela se manifesta em diferentes graus. 

Todos podemos nos sentir ansiosos, contudo, quando esse estado passa a ser permanente, ele deixa de ser um sentimento para se tornar uma enfermidade.

Segundo o site Our World in Data, a prevalência da ansiedade no mundo é de 3,94%, enquanto no Brasil ela é bem mais alta e alcança 7,77%.

Tipos de ansiedade

Além de ocorrer em diferentes escalas, a ansiedade também se manifesta em subtipos, cada um com causas e sintomas distintos.

Por isso, o tratamento pede acompanhamento médico e psicológico rigoroso, no sentido de indicar a terapia adequada conforme o caso e a medicação considerando o quadro do paciente. 

Os tipos de ansiedade mais conhecidos são:

  • Ansiedade generalizada
  • Ataque de pânico
  • Fobias
  • Transtornos de estresse pós-traumático
  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC).

Quais são os sintomas de ansiedade

A ansiedade é um distúrbio psíquico, emocional e comportamental.

Talvez por isso, ela seja por vezes subestimada pelas pessoas que convivem com quem tem a doença.

Em boa parte dos casos, os pacientes são até vítimas de psicofobia, o preconceito contra pessoas ansiosas e que, como tal, leva à piora em sua condição psicológica. 

Rejeitar uma pessoa ansiosa é uma atitude perigosa, já que a doença pode levá-la a cometer até suicídio ou a atentar contra a vida de outras pessoas.

Vamos ver, então, quais sinais a doença envia.

Sintomas físicos da ansiedade

Além do preconceito, o tratamento contra a ansiedade nem sempre é buscado porque, junto aos sintomas psíquicos, há uma série de manifestações físicas associadas.

Dessa forma, a pessoa ansiosa pode achar que tem algum problema cardíaco, quando na verdade ela precisa de apoio psicológico.

Veja a seguir alguns dos sintomas físicos mais comuns e de que maneira eles se manifestam.

Taquicardia 

Sempre que estamos em um estado emocional agitado ou ansioso, liberamos adrenalina, um hormônio que tem, entre diversas funções, a regulação do sistema cardiovascular.

Com isso, os batimentos cardíacos se aceleram, o que pode gerar ainda mais ansiedade, já que é bastante comum que a pessoa pense que está sofrendo de algum distúrbio coronariano.

Esse sintoma pode surgir em decorrência de algum evento estressante ou ser desencadeado apenas por pensamentos, sem qualquer motivo aparente.

Problemas no sistema digestivo  

Outra alteração física que pode ser causada pela ansiedade é a produção excessiva de suco gástrico.

Assim, a pessoa ansiosa comumente é afetada por má digestão, azia, desconforto intestinal, prisão de ventre e diarreia, entre outros possíveis sintomas.

Em casos mais graves, podem surgir complicações como gastrites, úlceras, refluxo gastroesofágico, síndrome do intestino irritável e doenças inflamatórias.

Secura na boca 

A saliva é um fluido que exerce influência no sistema nervoso autônomo, tendo sua produção também influenciada por ele.

Dessa forma, é bastante comum que pessoas ansiosas sintam a boca seca, o que por sua vez as leva a ter ainda mais dificuldade para se expressar.

Quando esse sintoma se torna constante, pode levar, ainda, a problemas bucais, como mau hálito ou lesões na boca.

Falta de ar

Uma vez que a produção de adrenalina é desencadeada, altera-se o ritmo cardíaco e, com  isso, o sistema respiratório também sofre consequências.

Com o coração acelerado, o corpo passa a sentir uma súbita necessidade maior por oxigenação, levando a pessoa ansiosa a sentir falta de ar.

Esse é um sintoma ainda mais preocupante quando o paciente também é hipertenso ou tem problemas respiratórios como asma ou bronquite.

Sintomas psicológicos da ansiedade

Os distúrbios de ansiedade têm sempre um forte componente psicológico e emocional.

Em geral, pessoas ansiosas vêem a realidade que as cerca de uma forma ameaçadora, levando-as a assumir uma postura reativa e defensiva.

Sentindo-se sempre intimidada ou impelida a reagir contra essas ameaças, ela entra em um estado que, em certos casos, pode até levar à paranoia.

Confira ede que forma os sintomas psicológicos da ansiedade costumam se manifestar.

Tensão constante

Um paciente com ansiedade é necessariamente uma pessoa tensa.

Por se sentir constantemente acuado ou vítima das circunstâncias, ele entra em um estado de “alerta” que, na maioria dos casos, não tem qualquer razão para existir.

Em longo prazo, esse sintoma prejudica os relacionamentos, levando a pessoa ao isolamento social e a sofrer de insônia.

Apreensão/medo 

O medo é outro sentimento presente na vida de quem sofre de ansiedade e seus subtipos.

Dependendo das causas do distúrbio, esse medo pode se projetar em pessoas, lugares ou em situações, motivando comportamentos obsessivos e inadequados.

É o caso, por exemplo, das pessoas que sofrem de fobias, muitas das quais relacionadas a traumas de infância ou outros eventos traumáticos.

Angústia sem causa aparente 

Um dos sintomas psicológicos mais marcantes da ansiedade é a sensação de angústia sem que exista um motivo para isso.

O paciente simplesmente passa a notar uma sensação de impotência e pensa que tudo vai dar errado de uma hora para outra.

Em razão disso, a pessoa sofre ainda mais, por não saber a origem desse sentimento paralisante.

Incapacidade de se concentrar 

Ansiosos são pessoas constantemente preocupadas com o que está por vir.

Incapazes de viver o agora, é um traço do seu comportamento a incapacidade de se concentrar até mesmo em tarefas simples.

Pensamentos destrutivos 

Com o tempo, a ansiedade leva o paciente a nutrir pensamentos destrutivos, inclusive contra si próprio.

Esse sintoma aumenta a gravidade da doença que, em alguns casos, pode ser a causa para tentativas de suicídio ou de automutilação.

Quais são as causas da ansiedade?

Onde há preconceito, há desinformação.

Sendo assim, o que se percebe em muitos casos é o desconhecimento por parte de ansiosos, de seus parentes e amigos sobre os fatores que causam a doença.

Aliás, um deles é frequentemente confundido com a própria ansiedade, como veremos a seguir.

Depressão 

O Brasil é considerado o campeão mundial em número de casos de ansiedade, com mais de 19 milhões de pessoas afetadas.

Muitos desses casos não recebem tratamento adequado porque, em geral, as pessoas confundem ansiedade com depressão.

Na verdade, a depressão é um outro distúrbio psicológico que, se não tratado, pode desencadear ansiedade.

Estresse 

O estresse motivado pela agitação diária, pressões no trabalho ou em casa é um dos principais causadores de ansiedade.

Nesses casos, pode ser indicada até terapia em grupo, como forma de identificar pessoas e comportamentos tóxicos com potencial de causar danos psicológicos.

Traumas 

Eventos traumáticos, principalmente na infância, apresentam alto potencial para causar ansiedade.

Perda de entes queridos, de emprego e acidentes com sequelas, entre outros, estão entre as principais causas desse tipo.

Predisposição genética 

Filhos de pais ansiosos têm mais chances de desenvolver a doença, como sugere estudo publicado no portal Viva Bem/UOL.

Essa predisposição, segundo o estudo, é causada por alterações no nível da estrutura cerebral herdada de pais ansiosos.

Doenças físicas 

Em certos casos, a ansiedade surge em função de outros problemas de saúde.

Dentre os que apresentam maior potencial, estão as doenças cardiovasculares e hormonais, como o hiperadrenocorticismo e o hipertireoidismo.

Pode surgir, ainda, em pacientes portadores de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), especialmente quando ela é causada pelo tabagismo.

Tratamentos para ansiedade

A ansiedade tem tratamento e pode ser controlada com acompanhamento médico-psicológico.

Entre as possibilidades estão a terapia com psicólogos – muitos deles são especializados no tratamento dos tipos de ansiedade.

Já o tratamento médico consiste no uso de ansiolíticos e benzodiazepínicos controlados, prescritos com a intenção de aumentar os níveis dos hormônios precursores da sensação de bem-estar, como a serotonina.

Canabidiol contra ansiedade

Embora os tratamentos com fármacos comuns possam ser eficazes, em muitos deles, o paciente se arrisca a desenvolver dependência, entre outros efeitos colaterais.

Por isso, o canabidiol (CBD), vem sendo cada vez mais indicado como alternativa quando as opções convencionais falham ou deixam de surtir efeito.

O CBD é um composto extraído das plantas do gênero Cannabis, agindo de forma natural junto ao sistema endocanabinoide.

Contra a ansiedade, ele vem se mostrando um poderoso aliado, como sugere este estudo, em que o canabidiol foi usado como inibidor do medo associado à doença.

Em geral, o paciente utiliza um óleo de Cannabis, que deve ser prescrito por um médico, responsável por definir também a dosagem.

Com a receita em mãos, tem início um processo de importação do medicamento junto à Anvisa, que recentemente simplificou as regras, como você pode ler neste conteúdo.

Conclusão

Os sintomas de ansiedade são, em geral, bastante claros.

Quando eles se manifestam, é fundamental que tanto o paciente quanto seus familiares sejam encorajados a buscar apoio médico o mais rápido possível.

A Remederi está sempre ao seu lado, oferecendo suporte no tratamento alternativo com Cannabis medicinal.

Acesse nosso site, encontre um médico prescritor e tenha mais qualidade de vida com um tratamento natural e poucas contraindicações.

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA
blank

Autor

ReMederi

A Remederi é uma empresa brasileira de saúde, com a missão de promover qualidade de vida por meio do acesso a produtos, serviços e educação sobre Cannabis medicinal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
remederi, anvisa

A REMEDERI preza pela saúde dos seus pacientes. Ancorados na transparência e lisura, estamos evoluindo para atender todas as regras sanitárias brasileiras da ANVISA e nos adequando à Portaria 344/1998 do MS e da RDC 96/2008, RDC 327/2019 e 660/2022.