Cannabis Medicinal

Como funciona o teste de DNA para mapear o sistema endocanabinóide

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA

Você sabia que é possível fazer um mapeamento do sistema endocanabinóide através de um teste de DNA?

Isso é importante porque os genes de um indivíduo podem mostrar caminhos para manter uma boa saúde, indicando possíveis problemas no futuro.

O sistema endocanabinóide é encontrado no organismo de todos os seres vertebrados. Ele é formado por:

  • Receptores canabinoides: CB1 e CB2
  • Endocanabinóides: Anandamida (N-araquidoniletanolamida) e 2-araquidonilglicerol (2-AG)
  • Enzimas metabolizadoras transportador membranar

Os endocanabinóides e seus receptores estão espalhados por todo o corpo, em membranas celulares do cérebro, órgãos, tecidos conjuntivos, glândulas e células do sistema imunológico.

Logo, a interação entre eles é que forma o sistema endocanabinóide que executa diferentes tarefas no organismo.

O seu propósito é sempre o mesmo, a homeostase que é a estabilização do ambiente interno do organismo, independente das variações externas.

Veja tudo sobre os canabinóides neste outro guia completo!

Qual a função do sistema endonacanabinóide e como é composto

O sistema endocanabinóide regula nossos processos fisiológicos, isto é, todas as funções básicas do nosso corpo, tais como:

  • balanço de energia e metabolismo
  • sistema imunológico
  • sistema nervoso autônomo
  • proteção e desenvolvimento dos neurônios
  • termorregulação
  • resposta ao estresse
  • comportamento social e ansiedade
  • digestão
  • reprodução
  • humor
  • sono
  • apetite
  • analgesia (dor)
  • memória

Por sua vez, a cannabis possui substâncias que interagem com a sistema endocanabinóide. São elas:

Fitocanabinóides

São componentes que estão presente na composição da planta. Atualmente são cerca de 400 identificados, cada um deles com propriedades distintas.

Os mais conhecidos, pesquisados e estudados são o canabidiol (CBD) e o tetrahidocanabinol (THC).

Terpenos

São compostos conhecidos por conferir cor, sabor e aroma às plantas. Além disso, atuam modulando o efeito dos fitocanabinóides, isto é, aumentam a interação entre estes e potencializam seus efeitos.

Flavonóides

Assim como os terpenos, os flavonóides são considerados “metabólitos secundários” da planta. Compostos polifenólicos, fazem parte de suas funções naturais, incluindo a atração de insetos polinizadores, a manutenção do crescimento das células, dentre outras.

Assim sendo, os componentes da cannabis interagem com os receptores canabinóides do nosso organismo, produzindo diversos efeitos no sistema endocanabinóide que, repita-se, regula as suas funções básicas.

Logo, a cannabis pode proporcionar diversos benefícios medicinais e terapêuticos, pois sua atuação se distribui por boa parte do nosso organismo.

Como funciona o teste de DNA para mapear o sistema endocanabinóide

As pesquisas, estudos e aplicações da cannabis no âmbito medicinal vêm crescendo exponencialmente em diversos países a cada ano.

Isso fez com que milhares de produtos fossem lançados no mercado, cabendo ao médico prescritor deste tipo de tratamento fazer gradativamente a modulação no seus pacientes até encontrar a melhor opção para cada um deles.

Recentemente duas empresas lançaram produtos que são capazes de mapear, através de teste de DNA, os genes do sistema endocanabinóide de cada indivíduo, auxiliando assim médicos e pacientes a encontrarem a melhor forma de tratamento com produtos à base de Cannabis.

Strain Genie’s é uma destas empresas e explica em seu site:

“Felizmente, seu DNA pode nos dizer muito sobre você e seu sistema endocanabinóide. Seus genes também detêm a chave para sua saúde e como ela pode mudar no futuro.

Nossa equipe encontrou uma maneira de usar big data para ajudá-lo a encontrar os produtos de maconha para todas as suas necessidades médicas e recreativas.

Obtenha seu DNA sequenciado com nosso kit de teste em casa. Se você já fez isso com uma empresa como 23andMe ou similar, pode pular esse processo e fazer o upload de seus dados brutos em nosso site.

Conte-nos mais sobre você, preenchendo um questionário opcional e analisando produtos e marcas que você já experimentou. Pense nisso como você nos ajuda a melhorar sua experiência com cannabis.

Obtenha seu relatório personalizado sobre saúde e cannabis com informações importantes sobre como seu cérebro e corpo interagem com os canabinóides e terpenos encontrados na planta de cannabis.”

Por sua vez, a Proprium também lançou produto semelhante e em seu site esclarece:

“Como você metaboliza diferentes canabinóides?

A capacidade do seu corpo de metabolizar e eliminar THC e CBD, Recomendação sobre a sua dose inicial, dose máxima e estratégia de administração

Sua suscetibilidade a efeitos adversos associados ao uso de canabinóides

Os efeitos adversos associados desejam bem-estar geral, bem-estar psicológico e comportamental (ansiedade e psicose), funcionamento executivo (foco e memória)

Sua predisposição para desenvolver comportamentos viciantes

Risco de desenvolver tolerância farmacológica à cannabis, risco de desenvolver problemas relacionados ao uso crônico.

Assim sendo, estas novas ferramentas serão de grande utilidade para que interessados no assunto, pacientes que já fazem uso de produtos derivados de cannabis e médicos prescritores possam descobrir qual a melhor composição, quantidade do produto a ser utilizado e demais informações relevantes que os testes feitos a partir do DNA de cada indivíduo podem fornecer.

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA
blank

Autor

ReMederi

A Remederi é uma empresa brasileira de saúde, com a missão de promover qualidade de vida por meio do acesso a produtos, serviços e educação sobre Cannabis medicinal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
remederi, anvisa

A REMEDERI preza pela saúde dos seus pacientes. Ancorados na transparência e lisura, estamos evoluindo para atender todas as regras sanitárias brasileiras da ANVISA e nos adequando à Portaria 344/1998 do MS e da RDC 96/2008, RDC 327/2019 e 660/2022.