Canhamo

O que é Cânhamo Industrial? 7 Usos que você não imaginava

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) regulamentou em dezembro de 2019 a venda de remédios à base de cannabis medicinal nas farmácias.

Ao mesmo tempo, o Poder Judiciário deferiu a primeira liminar para cultivo de cânhamo industrial no Brasil.

O que as duas decisões têm em comum? A cannabis como protagonista em cena!

Mas o que é o cânhamo industrial?

O cânhamo tem concentração do canabinóide Tetrahidrocanabinol (THC) imperceptível e originária da espécie Ruderallis, encontrada na Rússia e com relatos de uso ancestrais.

A planta se adapta a situações climática extremas, não necessita de pesticidas e basta uma boa fertilização e reagindo bem a estrumação. A técnica utilizada é simples e desenvolve-se praticamente sem trabalhos de manutenção.

Neste artigo, trataremos da sua utilização como insumo industrial e suas aplicações. Continue a leitura para descobrir os possíveis usos do cânhamo industrial e entender como essa planta apresenta versatilidade:

7 Usos do cânhamo industrial

O uso do cânhamo industrial pode impactar diretamente nos setores petroquímico (plásticos e biocombustíveis), têxtil (tecidos e revestimentos), alimentício (alimentos funcionais) e da construção civil (tijolos e estruturas).

Até mesmo países que têm tolerância zero com drogas como a China regularizaram a produção industrial do cânhamo.

O governo chinês tem um projeto que busca substituir as lavouras de algodão do país por plantações de cânhamo industrial.

Extração da fibra, alimentos, ração para animais, tecido, óleo comestível, óleo medicinal, combustível (biodiesel), tintas, plásticos e uma grande variedade de produtos altamente lucrativos deixam diariamente de fomentar a economia formal brasileira.

É uma indústria bilionária, geradora de empregos e impostos que está sendo impedida de produzir e gerar empregos e receita.

O debate sobre o tema se faz necessário.

Diferenciar e entender a diferença de cannabis medicinal e cultivo de cânhamo industrial pode ser determinante para a retomada da indústria têxtil brasileira e outros setores.

Pensando nisso, compilamos abaixo 7 exemplos das possibilidades de suas utilizações mais detalhadamente:

1. Semente de cânhamo

Altíssimo valor nutricional, a semente de cânhamo fornece grande quantidade de proteína, possuindo todos os 20 aminoácidos, ácidos graxos saudáveis, incluindo ômega-3 e ômega-6.

Além disso, é rica em fibras, ferro, fósforo, potássio, cálcio, zinco, magnésio e vitamina E.

2. Óleo de cânhamo

O óleo de cânhamo sendo utilizado para a produção de cosméticos, por exemplo, loções para o corpo, cremes, sabonetes e xampu.

3. Tecido de cânhamo

A fibra do cânhamo pode ser usada de todas as formas pela indústria têxtil, isto é, na produção de roupas, cordas e tapetes. Também pode ser utilizada juntamente com algodão, seda e outras fibras, o que a torna versátil e reciclável.

De acordo com o China’s Hemp Research Centre, 1,3 milhão de hectares de Cannabis plantada seriam suficientes para fornecer, em cânhamo, material equivalente ao colhido nos mais de 5 milhões de hectares destinados ao algodão.

O cânhamo necessita de um terço da água que o plantio de algodão.

4. Papel de fibra de cânhamo

As fibras de cânhamo produzem um papel mais resistente do que a maioria que encontramos hoje em dia.

Além de utilizar um método ecologicamente mais correto por não necessitar de uso intensivo de produtos químicos, consome menos água. Ela também preserva as outras espécies de vegetais cuja madeira é transformada em celulose.

5. Material para a construção civil

As fibras do cânhamo podem ser utilizadas para a fabricação de tijolos e material análogo ao concreto, abrindo possibilidades para uma construção ecológica e sustentável.

Esses materiais têm como principais benefícios servirem como isolamento, serem atóxicos – à prova de fogo -, auxiliarem na captura de carbono e serem resistentes a mofo e pragas.

6. Descontaminação do solo

Você sabia que as raízes da planta cânhamo podem remover toxinas do solo e da água?

Já existem comprovações de que o cânhamo absorve metais pesados ​​do solo, incluindo o chumbo, arsênico, zinco e cádmio.

7. Bioplástico

As fibras do cânhamo também possibilitam a produção embalagens totalmente biodegradáveis, podendo substituir o plástico convencional de uso único (descartável) que vem causando tantos danos ao meio ambiente.

Conclusão

Neste artigo, você descobriu pelo menos 7 usos do cânhamo industrial:

  • Semente de cânhamo
  • Óleo de cânhamo
  • Tecido de cânhamo industrial
  • Papel de cânhamo
  • Material na construção civil
  • Descontaminação do solo
  • Bioplástico de cânhamo

Assim como entender a importância terapêutica dos remédios à base de cannabis medicinal é respeitar a busca por qualidade de vida, entender a relevância e importância do debate político sobre a regulação do cultivo do cânhamo industrial também se faz essencial.

Uma indústria milionária está à espera de uma decisão política.

Concluindo, existe uma gama gigantesca de possibilidades para a utilização do cânhamo sem contar aquela destinada para o seu uso medicinal.

Você tem dúvidas ou observações sobre este artigo? Fique à vontade para escrever nos comentários.

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA
blank

Autor

ReMederi

A Remederi é uma empresa brasileira de saúde, com a missão de promover qualidade de vida por meio do acesso a produtos, serviços e educação sobre Cannabis medicinal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
remederi, anvisa

A REMEDERI preza pela saúde dos seus pacientes. Ancorados na transparência e lisura, estamos evoluindo para atender todas as regras sanitárias brasileiras da ANVISA e nos adequando à Portaria 344/1998 do MS e da RDC 96/2008, RDC 327/2019 e 660/2022.