Cannabis Medicinal

Brasil integra grupo de pesquisadores que estudam as propriedades dos fitocanabinóides

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA

O Brasil é pioneiro no estudo do fitocanabinóide Canabidiol – CBD e, pela Universidade de São Paulo, faz parte da rede acadêmica CannaLatan.

A iniciativa inclui grupos de pesquisa básica e clínica, além de empresas farmacêuticas especializadas de 8 países. Além do Brasil, participam mais de 60 pesquisadores de diferentes disciplinas da Argentina, Bolívia, Costa Rica, Espanha, México, Portugal e Uruguai.

O grupo foi criado com o objetivo de estudar, pesquisar e promover pesquisas científicas sobre os efeitos terapêuticos dos fitocanabinóides nas doenças neurodegenerativas e neuropsiquiátricas.

Em artigo publicado no Jornal da USP, informam que a rede será coordenada pelo Instituto de Neuroquímica da Universidade Complutense de Madri e terá a participação da USP sob a liderança do professor Francisco Silveira Guimarães, da Escola de Ribeirão Preto de Medicina (FMRP) e cooperação dos pesquisadores Alline Cristina de Campos, Rúbia Maria Monteiro Weffort de Oliveira, Felipe Villela Gomes, todos da FMRP, além de Elaine Aparecida Del Bel Belluz Guimarães, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp) e Sâmia Regiane Lourenço Joca, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP).

Professor Francisco Silveira Guimarães, in an interview with Agência Fapesp, explains: 

“O Brasil é pioneiro no estudo do canabidiol e hoje é muito diferente do que há 30 anos, quando começamos a investigar essa substância. Na época, enfrentávamos preconceito por causa da associação com a maconha”

O grupo multidisciplinar conta com o apoio do Programa Iberoamericano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento (Cyted) que foi criado para cooperação de temas de ciência, tecnologia e inovação entre governos dos países envolvidos.

De acordo com a divulgação do Cyted, os objetivos da nova rede são:

  • Estudo dos efeitos de canabinoides em modelos pré-clínicos de doenças neurodegenerativas (por exemplo, Alzheimer, Huntington e Parkinson)
  • Estudos de caracterização genética do sistema endocanabinóide em doenças neurodegenerativas e psiquiátricas
  • Desenvolvimento de extratos padronizados de fitocanabinoides e desenvolvimento de novas moléculas de canabinoides
  • Promoção de pesquisas em neurobiologia e farmacologia nas instituições participantes, formação de pesquisadores e desenvolvimento profissional
  • Divulgação científica das pesquisas para a sociedade e formação de profissionais de ciências da vida e da saúde interessados ​​no tema

Saiba como prescrever cannabis medicinal aqui

COMECE SEU TRATAMENTO AGORA
blank

Autor

ReMederi

A Remederi é uma empresa brasileira de saúde, com a missão de promover qualidade de vida por meio do acesso a produtos, serviços e educação sobre Cannabis medicinal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
remederi, anvisa

A REMEDERI preza pela saúde dos seus pacientes. Ancorados na transparência e lisura, estamos evoluindo para atender todas as regras sanitárias brasileiras da ANVISA e nos adequando à Portaria 344/1998 do MS e da RDC 96/2008, RDC 327/2019 e 660/2022.